Homem que jogou bebê pela janela de carro e atropelou ex-mulher vira réu no RS

  • 02/04/2024
(Foto: Reprodução)
Homem responde por tentativas de homicídio e de feminicídio. Justiça aceitou denúncia oferecida pelo Ministério Público na segunda-feira (1º). Caso ocorreu em Novo Hamburgo em fevereiro. Estilhaços em para-brisa de carro após homem atropelar a ex-mulher Divulgação/Polícia Civil A Polícia Civil indiciou por tentativa de homicídio qualificado e tentativa de feminicídio o homem que jogou o próprio filho, um bebê de 11 meses, pela janela do carro e atropelou a ex-mulher em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O suspeito teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça. A conclusão do inquérito foi divulgada na manhã desta terça-feira (5). O homem que jogou o próprio filho, um bebê à época com 11 meses, pela janela do carro e em seguida atropelou a ex-mulher em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, virou réu por tentativa de homicídio e tentativa de feminicídio. A Justiça aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público na segunda-feira (1º). 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp O acusado não teve o nome divulgado, pois o caso tramita em segredo de Justiça. O homem teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. O caso aconteceu na noite de 22 de fevereiro. A criança teve alta hospitalar no dia seguinte. A mãe do bebê, uma mulher de 25 anos, teve um quadro mais grave e precisou ficar internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Ela deixou a instituição de saúde no dia 14 de março. Segundo o MP, o homem responde por tentativa de homicídio com as seguintes qualificadoras: motivo torpe, meio cruel, contra menor de 14 anos de idade e contra descendente. Ele também responde por tentativa de feminicídio contra a ex-mulher que, além da questão de gênero, tem as qualificadoras de motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima. LEIA TAMBÉM: Homem é preso por jogar bebê de 11 meses por janela de carro VÍDEO: 'Estava muito machucado', diz testemunha Separação e histórico de violência doméstica Conforme o delegado Lucas Britto, responsável pela investigação, o réu e a mulher tiveram um relacionamento por 9 anos e estavam separados desde o início de 2023. Eles têm três filhos juntos: um de 8 anos, um de 3 anos e o caçula, que completou 1 ano em março. A Polícia Civil afirma que o homem já tinha histórico de violência doméstica contra a ex-companheira. Foram pelo menos três registros. Ele chegou a ser preso no ano passado, mas não havia medida protetiva contra o suspeito em vigor. "Ele não parou de ameaçar ela. Disse que se ela arrumasse um novo companheiro ia matar ela e o novo companheiro", pontuou o delegado. Homem é preso por jogar bebê de 11 meses por janela de carro no RS, diz BM O caso O caso aconteceu durante uma discussão entre o homem, de 40 anos, e a ex-esposa dele, mãe da criança. O bebê foi entregue a uma tia, irmã da mãe. O pedreiro Sérgio Melo, uma das testemunhas do caso, contou à RBS TV que levou o menino até a UPA em seu próprio carro. "Socorremos primeiro a criança. Ele estava muito machucado, nem queria mexer, para não ter mais problema. [Levamos] no meu carro mesmo, porque ia demorar muito a ambulância", disse. Bebê jogado pelo pai de janela de carro no RS 'estava muito machucado', diz testemunha VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/04/02/homem-que-jogou-bebe-pela-janela-de-carro-e-atropelou-ex-mulher-vira-reu-no-rs.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 10

top1
1. We Will Rock You

Queen

top2
2. It’s Only Rock ‘N’ Roll (But I Like It)

Rolling Stones

top3
3. My Generation

The Who

top4
4. Stairway To Heaven

Led Zeppelin

top5
5. Enter Sandman

Metallica

top6
6. Another Brick In The Wall

Pink Floyd

top7
7. Back In Black

AC/DC

top8
8. Born To Be Wild

Steppenwolf

top9
9. Hey Jude

The Beatles

top10
10. Smoke On The Water

Deep Purple


Anunciantes